Tenho certeza que quase todo mundo está sabendo da morte do ator Paul Walker, no último final de semana. Então só quis fazer esse post por que a “ironia” da vida me fez pensar na fragilidade do ser humano e me inspirei nas palavras dessa pessoa incrível que foi o intérprete de Brian, de “Velozes e Furiosos”, para relembrar a todos que a vida é para ser vivida, não sobrevivida.

 HAKUNA MATATA, se você tem 10 anos a mais ou a menos que eu, eu sei que você conhece essa frase: “HAKUNA MATATA, é liiindo dizer”. E não é que é mesmo? Significa viver sem preocupações para o resto da sua vida, e pensar que um filme infantil nos ensina taanto assim, hein?

Amor é música, vida é música. Não importa se seu gosto é reggae, pop, rock ou até música erudita, faça a trilha sonora da sua vida, faz tudo mais gostoso. Duvido que você não tem 1 canção que faça você se lembrar de algum momento especial! Eu sei que “Work Bitch” é minha música de malhar, “Give Me Love” de me apaixonar, “Music To Make Boys Cry”, no momento, é do meu momento autista com meus desenhos, “Somewhere in America” é de me achar uma rapper e “212” é pra tudo. Pois é, minha vida é movida por músicas, que trocam constantemente, e te garanto, é bem divertido.

Não tem regime nesse mundo feminino que não permita aquele pedacinho de chocolate “NAQUELA” época do mês. Eu bem que digo, ontem tive que comer chocolate, e devorei um Nhá Benta. Quilinhos a mais? Sim, to nem aí, sou humana. Depois fui pra academia, anyway.

Os amigos fazem tudo valer mais a pena. Aquela besteira que os fez rir loucamente, não teria tanta graça sozinha. E encontrar amigos que sejam tão loucos quanto você? A alegria que é? Se você não tem muitos, meu conselho é: O mundo tem muito mais gente legal do que você imagina, se você der essa chance, você pode se surpreender.

Sonhos existem, e podem se realizar. Mas nada de pó mágico, gata. Work, bitch. Trabalho, dedicação e muuuuuuuuito esforço, assim que se alcança o sucesso. Ronaldo só voltou a jogar depois de muuuuito treinamento, e ganhou uma Copa do Mundo. Audrey Hepburn deixou de ser uma refugiada do Holocausto na Holanda, para virar um dos maiores ícones da moda e do cinema mundial. Steve Jobs criou a Apple, a perdeu e depois de muito esforço, conseguiu sua vaga novamente, e criou um aparelho que revolucionou o mundo! Não basta querer, tem que tentar. Se esforce, dê tudo de si, que você irá conseguir.

“Não tenha medo de falhar, tenha medo de não tentar”. Adoro essa frase. O arrependimento por fazer é melhor do que o “e se…” do não fazer. Fica a dica.

More aonde você quizer. Quer morar em Bali? Por que não? Quer ir para os EUA? VÁ! Quem acompanha o blog sabe meu lugar dos sonhos, e eu sei que um dia voltarei pra lá. Como? Eu vou dar tudo de mim!

Curta cada momento como se fosse o último. É um grande clichê, mas você já tentou, de fato? Tudo é mais divertido, tudo é mais verdadeiro. Não há sensação melhor. E quando for, de fato, o último momento, você terá tido uma vida sem arrependimentos.

“Se um dia a velocidade me matar, não chore, por que eu estava sorrindo”. Acredita que ele falou isso? Bom, isso me deixa menos triste, ele morreu fazendo algo que amava. Isso não amaciará o luto dos parentes e amigos que ele deixou, mas deixa uma sensação de que, muito provavelmente, onde quer que ele esteja, ele está bem.

“Minha filosofia é, se você não se diverte, não tem sentido fazer isso” Por que fazer algo que não te deixa feliz? É realmente tão necessário assim? Você está num emprego que odeia? Está num relacionamento que não te deixa feliz? Não gosta da forma como sua família te trata? Se demita. Acabe. Fale. Não deixe que o silêncio e a falta de ação tirem o sorriso do seu rosto.

“E naquele momento, eu posso jurar que éramos infinitos”.

É uma frase de um dos meus livros e filmes favoritos, “As Vantagens de Ser Invisível”, me diz, quando você já se sentiu infinito? Invencível? Isso já te ocorreu? São aqueles momentos que a gente conta nos dedos das mãos, e que nós lembraremos para sempre.

Meus pêsames para a família e amigos de Paul Walker, que me fez gostar de filmes de carros, sério, eu realmente os odiava antes. Que seu legado de simplicidade, vivacidade e bondade seja mais importante que qualquer outro pequeno detalhe ou erro que ele tenha cometido. Estamos aqui para errar, e também para viver.

Xoxo,

Mim Plech.

Deixe o seu comentário!

LAYOUT DESENVOLVIDO POR CHERRY DESIGN • TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO SITE MIMIQUICES | 2016
Scroll To Top Array ( [marginTop] => 100 [pageURL] => [page] => [width] => 292 [height] => 300 [alignment] => left [color_scheme] => light [header] => header [footer] => footer [border] => true [scrollbar] => scrollbar [linkcolor] => #2EA2CC )
Please Fill Out The TW Feeds Slider Configuration First