♥ postado em 13, setembro de 2016 • sobre: comportamento, Destaques, papo de amigas, textos
Ex é inimigo?

Vivemos um mundo de #yolo:” you only live once”, o que significa “você vive apenas uma vez”. Então nos apaixonamos rápido, fazemos amizades rápido, e, na maioria das vezes, o amor e a amizade se vão tão rápido quanto vieram.

Não apenas temos regras para o relacionamento, mas também para o pós. Seus amigos não podem mais falar com seu ex, e sua família não pode mais chamar ele por aquele apelido que tem uma piadinha interna que eles criaram em alguma lembrança querida. Ah, e tem o divórcio de tudo: dos lugares onde vocês frenquentavam, dos amigos com quem vocês saiam e dos pets, pois todo casal com mais seis meses juntos parecem interessados em se responsabilizar por uma terceira criatura…É quase um test drive para ter filhos.

Mas isso significa que seu ex virou seu inimigo? Não poder ou querer ter nada em comum com o outro meio que se encaixa na categoria de “não quero ver sua cara”, também conhecida como inimigo. Aquela pessoa já foi o “amor da sua vida”, já te fez sorrir em momentos de tristeza; te deu momentos de prazer, carinho, aprendizado e apesar das coisas ruins que os separaram, ele acrescentou muito à sua vida.

Mas a partir do momento que o relacionamento acaba, parece que tudo isso é deixado pra trás. Você conheceu a sua banda favorita naquele terceiro encontro que vocês tiveram num pub da cidade. Você virou amiga da família dele porque eles parecem ter muito mais a ver com você do que sua própria família. Você também adquiriu algumas peculiaridades com o cara, como alguns tiques e trejeitos…Mas tudo isso é passado. Vocês acabaram e tudo isso tem que ficar para trás.

Não faz muito sentido pra mim. Aquela pessoa mudou tanta coisa em você, algumas pra melhor, outras nem tanto, mas ela fez parte da sua vida: porque você quer fazer de conta que nada disso aconteceu?

Seu ex não é seu inimigo, miga. Seu ex, te traindo, ou deixando de te amar, não importa, mas ele fez parte da sua via, e não dá para ignorar isso. Então vamos parar de agir como se o cara fosse o anticristo, que tal?

Claro, todo fim de relacionamento tem seu período de luto. Você pode rasgar as fotos dele, depois de desenhar bigodinhos e chifrinhos de demônio nelas. Você também pode cortar todos os laços com coisas que te lembrem do cara e evitem você de superar o relacionamento e seguir em frente. Claro que você pode: o relacionamento acabou, ninguém quer viver apegado ao passado.

Mas quando você encontrar outra pessoa, ou até  sem outra pessoa; quando você seguir em frente…Não pense no ex com raiva. Seja grata pelas coisas boas que o relacionamento te trouxe. Pense em quanto você aprendeu, seja a identificar um traidor patológico, ou jogar pôquer…Você poderia nunca aprender nada disso sem ele.

E siga em frente…Sem a mágoa de ignorar seu passado bom, pelo presente ruim. Deixa o que não foi pra trás e leva contigo só o que te fez crescer, miga sua loca.

Deixe o seu comentário!

LAYOUT DESENVOLVIDO POR CHERRY DESIGN • TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO SITE MIMIQUICES | 2016
Scroll To Top Array ( [marginTop] => 100 [pageURL] => [page] => [width] => 292 [height] => 300 [alignment] => left [color_scheme] => light [header] => header [footer] => footer [border] => true [scrollbar] => scrollbar [linkcolor] => #2EA2CC )
Please Fill Out The TW Feeds Slider Configuration First