Arquivo de 'Uncategorized'



♥ postado em 28, julho de 2014 • sobre: Uncategorized

“Você pode ter raízes e asas, Mel”, Jake de Doce Lar.

É, eu passei vinte anos esperando a hora de sair de casa e encontrar meu “destino”, ou o que quer que seja que eu andei buscando durante esses anos. E agora, em outra cidade, sotaque e clima, eu entendo que a cidade não muda a gente, nós que mudamos com o tempo e as experiências que a vida nos dá.

Na primeira vez que eu saí de casa sozinha, eu tinha dezoito anos e não sabia bem o que esperar, conheci pessoas diferentes, lugares ainda mais diferentes, roupas maravilhosas, sotaques bizarros (alguns mais que outros! hahaha), e diferentes formas de ver a vida. Quando eu voltei para casa, descobri que tinha um mundo além de Maceió, que eu queria pertencer a ele. Descobri que o mundo é maior do que eu imaginava, no entanto, menor do que a gente tem medo que ele seja. E mal esperava para descobrir um pouco mais sobre ele.

Dois anos depois, estou aqui, no Rio de Janeiro, vivendo meu maior desafio, meu sonho. Não é fácil, não é como eu imaginei, mas não me decepcionei nem um pouco. A cada dificuldade que passo, me sinto mais forte; a cada vitória, mais realizada; e a cada decepção, mais sábia.

Sinto falta de casa, claro, quem não sente? Minha mãe me acordando com beijinhos para tomar um café delicioso que só ela sabe fazer! Minha sobrinha enchendo meu saco para fazer risoto pra ela, ou minha irmã me chamando para comer besteira;jogar dominó e baralho com minha avó e minhas tias. Comer tapioca nas noites de domingo, ou ir à missa dos Capuchinhos pela manhã, com um sanduíche natural do maravilhoso Guaraná da Praia, e um suco de laranja, gengibre e hortelã. Minha vida em Maceió nunca foi ruim, eu sempre amei tudo que eu tinha, eu só queria ter um pedaço do mundo que ainda não estava à minha disposição.

Eu sempre amarei tudo que eu tive lá, e espero voltar um dia, para o meu Paraíso das Águas, meu cantinho nordestino. Mas vejo meu futuro sendo escrito em outro lugar agora, em outra vibe. Quero trabalho, quero vencer obstáculos e quero conquistar meu lugar nesse mundo, sem esquecer de onde vim, do que já tive, e de cada personagem e tijolo da minha estrada de tijolos amarelos pela frente.

A gente pode ter raízes e asas, sabe? E eu nunca perderei as minhas, nem minhas raízes, ou minhas asas. Os pássaros fazem seu caminho, a cada mudança de estação, mas eles sempre voltam para seu lugar de origem. E essa é a beleza da vida.

Meus dias são repletos de cariocas louquinhos e divertidos que me receberam de braços abertos nessa Cidade Maravilhosa, e eu estarei de braços abertos para os desafios no meu caminho, tanto quanto para as lembranças de onde eu vim sempre estarão comigo, nunca deixando eu esquecer de onde eu vim, e para onde eu quero ir.

Maceió, te amo.
Rio, te amo.
Destino, te amo.
Futuro, estou preparada para você.
Vida, eu te amo, e mal posso esperar por tudo que você colocará no meu caminho.
Deus, esteja sempre comigo.
Amigos, obrigada por fazer minhas dificuldades menos difíceis,
Mãe, continue sendo a pessoa mais incrível que eu já conheci,
Família, continuem assim, sendo maravilhosos e malucos, os amo assim,
E quanto à mim? Bom, juntarei Maceió, Rio, o destino, o futuro, a vida, DEUS, minha mãe, meus amigos, minha linda família e farei o melhor que puder nessa loucura que chamamos de vida.

Bisous,

Mim Plech.

♥ postado em 18, julho de 2014 • sobre: Uncategorized

Me inspirando no Eletrowhite, que acontece amanhã aqui em Maceió, fiquei na vibe #branco e pensei em fazer um post não de roupas noturnas, mas de looks diurnos brancos sem parecer que você está a caminho de um hospital para dar plantão! Que tal?

 Saia e blusa perfeitas, sem tédio, pois os três looks tiveram a renda, ou algo para diferenciar e deixar o visú mais interessante. Se você quer ficar mais cool e menos chic, investe nos tênis, um Keds ou Superga fica tudo de bom!

Uma blusa e sapatos de cor dão uma acrescentada, cores fortes destacam.

 Porque não investir em um parka, colete ou camisa por cima? Tira aquele “quê” santinho, se o vestido for comportado. Uma sandália diferente para misturar mais as informações.

 Se você não tem um cabelo rosa para destacar-se no branco, investe numa sandália prata, ou até dourada. Por mais que o branco tenha a intenção de ser discreto, ele destaca mais a nossa figura, inclusive, para as gordinhas, ele destaca nossos pontos fracos, so…CUIDADO.

 Acessórios e peças chaves fazem toda diferença. O vestido branco ganha um up com os colares, pulseiras, anéis e até penteado. E o duo calça + camisa branca fica ainda mais elegante com um sobretudo e seu par preferido de valentinos Rockstud.

Na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê…O branco vai te servir bem se você tiver criatividade para usá-lo. E para aqueles que não sabem, o branco não é falta de cor, e sim a mistura de todas as cores, ou seja, pensando dessa forma, existe algo mais arco íris do que um look branco? #ironiasdavida

Bisous,

Mim Plech.

♥ postado em 17, julho de 2014 • sobre: Uncategorized

Se você imagina um conto de fadas da vida real, a vida dessa russa faz jus à Cinderela. Resgatada da prisão, pelo grande amor de sua vida (um estranho até então), virou modelo e depois uma espécie de primeira dama da imprensa russa, e hoje um ícone de streetstyle para todos os cantos que vai.
Vamos conhecer melhor Elena Perminova?

 A loirinha nasceu na Sibérie, e desde os nove anos pinta o sete, ou melhor, a moda. Pintou o cabelo de azul aos nove anos, e começou a cortar as roupas e colar pedaços entre si para customizá-las, aos 16 anos se envolveu com o cara errado e acabou traficando ecstasy em boates na Rússia, onde foi pega e condenada à 6 anos de prisão. Sua família não era rica, mas seu pai conseguiu apelar para um membro do parlamento russo, o seu to-be husband, Alexander Lebedev, que conseguiu tirá-la da cadeia, e daí pra frente…it’s all history. Eles se apaixonaram, casaram e hoje tem um chatêau aos arredores de Paris, uma mansão vitoriana em Hampton Park, em Londres e outro humilde (#sqn) chatêau na Rússia, com seus dois filhos, Nikita e Egor.

 Esse look é um dos meus preferidos dela, se você reparar, são em duas ocasiões diferentes, ou seja, a gatinha se sente a vontade para repetir os looks e continuar poderosa. Hoje em dia, isso é pra poucas. Ela é criativa e super HILOW, adora Zara da mesma forma como adora Giambattista Valli, e adora misturar tudo da forma mais Elena-like possível.

Do chic girlie ao boho-chic, ela se veste como sente vontade, sem querer definir um estilo, adora a evolução do estilo russo, que deixou de basear-se SOMENTE em ostentação e roupas de marcas.

OI? PORQUE TÃO LINDA? Esse vestido é simplesmente um sonho, junto com esse primeiro look de saia e top que ficou tropical e sensual sem ser vulgar. Adoro o estilo da mulher de Lebedev, super me encanta.

 Ela é adepta das botas grandes, investe constantemente em looks simples complementados de uma bota acima dos joelhos.

 Com muitas photoshoots em seu currículo, Vogues e Elles do mundo inteiro já chamaram-na para entrevistas, eventos e sessões de fotos, não só revistas, como grandes marcas também, ela representa a CHANEL e já desfilou para Giambattista Valli, dentre outros.

 Adoro a forma como ela está super ladylike em uma foto e completamente boho, cool na outra. Mesmo que nas duas fotos ela tenha usado um vestido bem feminino e delicado, ela consegue estar complemente diferente nelas.

Ela tem um estilo simplesmente incrível. Lena, como é chamada pelos amigos, relata que a primeira vez que foi a New York, seu marido, Alexander Lebedev, disse para ela ir a Begdorf Goodman e comprar umas roupinhas, e ao invés de comprar um Dolce ou uma peça caríssima, ela não sabia o que levar e escolheu uma calça Levi’s, um moletom e uma cruz Stephen Webster, e todos olhavam para ela todo canto que ela passava, e foi ali que ela percebeu que o estilo dela chamava atenção das pessoas ao redor. Então, ela resolveu fazer disso seu ganha pão, ok, ela não precisa tendo o marido milionário que tem, mas como uma mulher esperta e formada em Administração, entrou para o mundo da Moda e hoje é grande figura em desfiles, eventos e sempre nas filas A.

 Junto com as “czarinas” russas, como os tablóides chamam elas, ela é rainha da moda russa junto com sua melhor amiga, Miroslava Duma, simmm, aquela do último post, lembram? Elas vão a vários eventos juntas, e até dividir roupa dividem, já chegando a repetir uma o look da outra. Isso é que é amiga…

 Onde quer que ela esteja, os fotógrafos de streetstyle a segue, e após ver seus looks, entendemos o motivo, não é? Ela é simplesmente envolvente e super fashion.

Elena, queremos nosso conto de fadas também, nos dê dicas, musa! HAHAHA, enquanto continuamos sonhando com o nosso, contemplamos a felicidade, estilo e comportamento alheio, ligadas em seus novos looks que irão roubar nosso coração.
Bisous,
Mim Plech.

♥ postado em 16, julho de 2014 • sobre: Uncategorized

Estou romântica hoje, e essas músicas fazem meu coração bater mais rápido. Ed Sheeran é meu guru da música romântica, sério. A voz dele é tão rouca e forte ao mesmo tempo, I just can’t. Essas aqui tem feito parte constantemente da minha playlist!

E aí? Minhas musiquinhas tocaram seu coração? Vai atrás do seu amor, família, ou amigos. Existem vários tipos de amores nessa vida, e agora, sinto todos rolando no ar! #TheBigWeddingquote

Bisous,

Mim Plech.

Continuando nossa cobertura sobre a Semana de Alta Costura de Paris: Valentino, CHANEL e Elie Saab são os desfiles da vez, com direito a peças clássicas, diferenciadas e tudo muiito desejo, com uma fila A e presença certa de Anna Wintour, CLARO!
VALENTINO

Uma coleção digna, muito linda, com cores bem invernais e peças clássicas, sério, amei demais. Esse preto de toule roubou meu coração. A Valentino é uma das poucas marcas que manteve seu dna elegante e diferenciado, e agradecemos a Deus por isso! Fiquem apaixonados com esse desfile tanto quanto eu fiquei 😉

CHANEL




CHANEL É CHANEL…E wow, sério, adoro a forma como o Karl pega algo bem “normal”, “casual” e transforma a peça em Alta Costura! Karl, te amo. Adorei a rasteirinha com os laços, e a bainha toda bordada e belas. Amo tudo que esse alemão faz, e mais uma vez a Chanel se destaca com a mistura ideal entre o moderno e os clássicos. Não deixe de conferir esse desfile!
ELIE SAAB

Provavelmente um dos desfiles mais esperados SEMPRE, já nos encantamos VÁRIAS vezes com as obras de Elie Saab. Sim, obras, obras de arte, pois é isso que seus toules e tecidos nobres bordados sempre são; os vestidos não tem nada de diferente além de sua perfeita execução e seus detalhes, cores e bordados sempre surpreendentemente belos e encantadores. É quase como um desfile do que se imagina que as princesas da Disney assistiriam. Mas como diz um dos meus filmes preferidos, “A Princesinha”: “Toda garota é uma princesa”, então não deixe de escolher o seu Elie Saab dessa temporada, mesmo que mentalmente.

E aí? Esses estão super alto nível e incríveis, hein? Alto níveis não…ALTA COSTURA!

Bisous,

Mim Plech.

LAYOUT DESENVOLVIDO POR CHERRY DESIGN • TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO SITE MIMIQUICES | 2016
Scroll To Top Array ( [marginTop] => 100 [pageURL] => [page] => [width] => 292 [height] => 300 [alignment] => left [color_scheme] => light [header] => header [footer] => footer [border] => true [scrollbar] => scrollbar [linkcolor] => #2EA2CC )
Please Fill Out The TW Feeds Slider Configuration First