♥ postado em 29, julho de 2013 • sobre: Uncategorized

A vida é difícil. Escolhas, caminhos, decisões, tudo em nossas mãos. E às vezes, mesmo sem sabermos disso, aquela pequena decisão mudou tudo, e como saber quais decisões são pequenas e quais são grandes? A viagem que você desistiu de ir e acabou saindo e conhecendo o amor da sua vida. A aula que você decidiu tomar e acabou se apaixonando por um hobby que um dia vai virar sua carreira. Pequenas decisões que mudam nossa caminhada todos os dias.

Eu lembro do dia que desisti de ir à Bruxelas, na Bélgica por que senti que não deveria ir, um pequeno pressentimento tolo, se a minha outra amiga também não houvesse sentido. Naquele final de semana teve uma tempestade absurda por lá, e eu acabei conhecendo uma das pessoas que mais marcaram minha viagem, e até hoje falo. É, mais uma vez, pequenas sensações, decisões e intuições.

Então como viver a vida? Baseada em planos e idéias, ou intuições? Por que não um pouco de cada? O que você “quer ser quando crescer”? Ou melhor, o que você quer ser agora? Por que, sabe, você não precisa fazer tudo em função do futuro, talvez a sua felicidade esteja aqui no presente. Às vezes estamos tão focadas no futuro que não paramos para perceber as coisas boas que temos ao nosso redor. Os amigos que podemos conhecer, se sairmos um pouco mais. Os lugares que podemos amar se nos aventurarmos um pouco. O amor que iremos viver se nos arriscarmos um pouco mais e pensar um pouco menos. Vale a pena, sabe?

Eu amo fazer listas, planos e sonhar. Quem me conhece sabe, sou eu e uma lista. Por que? Talvez por que eu sinta uma constante necessidade de organizar minha vida, meus pensamentos, idéias e sonhos. Mas acordei hoje pensando que se, talvez, eu planejasse menos, eu viveria mais. Ouço muito das minhas amigas isso, que sou muito sonhadora. Mas desde quando isso virou uma coisa ruim? O melhor da vida é viver, ok, mas sonhar não é muito importante também? É, sem dúvida, mas não se pode viver em um mundo de sonhos. Eles são um passo para a realização, não o processo inteiro.

Acordei assim hoje, pensativa, com vontade de compartilhar minhas dúvidas e pensamentos. Vou tentar fazer menos listas, e viver mais, sem vergonha de ser feliz. Como diz minha prima, ninguém paga minhas contas, por que devo me preocupar? A menos que seja seus pais e eles paguem #hihi. Seja feliz, não deixe ninguém te dizer quem ser ou como agir, é a forma mais fácil de se alcançar a felicidade.

Se você der uma chance ao acaso, ele pode te surpreender. Já pensou nisso?

Xoxo,

Mim Plech.

Deixe o seu comentário!

LAYOUT DESENVOLVIDO POR CHERRY DESIGN • TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO SITE MIMIQUICES | 2016
Scroll To Top Array ( [marginTop] => 100 [pageURL] => [page] => [width] => 292 [height] => 300 [alignment] => left [color_scheme] => light [header] => header [footer] => footer [border] => true [scrollbar] => scrollbar [linkcolor] => #2EA2CC )
Please Fill Out The TW Feeds Slider Configuration First